sexta - 25 de setembro de 2020
34º Max
17º Min
Parcialmente Nublado

Equipe do Laboratório Municipal coleta amostras para diagnóstico de Covid-19

Publicado em: 09/6/2020

A equipe do Laboratório Municipal Dr. Altino Lemos Santiago passou por treinamento e, desde março, efetua as coletas para exames diagnósticos de Covid-19 em Formosa do Rio Preto. A Prefeitura, por meio da Secretaria Municipal de Saúde, fez a aquisição dos EPIs necessários. Assim, os profissionais estão devidamente preparados e paramentados para desenvolver esse trabalho com a segurança e os cuidados de prevenção adequados.

De acordo o biomédico e coordenador do Laboratório Municipal, Wesley Bruno Santana, são seguidos todos os protocolos do Ministério da Saúde, as notas técnicas da Sesab e as orientações do Núcleo Regional de Saúde Oeste e da Ufob (Universidade Federal do Oeste da Bahia), onde são realizados os testes de biologia molecular RT-PCR no Laboratório de Estudos de Agentes Infecciosos e Vetores (Laive).

Já o teste rápido, que busca anticorpos utilizados para combater o vírus, é feito pela equipe no próprio laboratório municipal, respeitando critérios e normas, a partir do 8° dia do início dos sintomas ou 72 horas após o término dos mesmos. Período em que a concentração dos anticorpos IgM e IgG no organismo se encontrará em alta e mais propícia para detecção.

De acordo com a nota técnica nº 74 da Sesab, o diagnóstico positivo por teste rápido deve ser registrado como caso confirmado de Covid-19, embora a precisão do mesmo não seja 100% segura.

O RT-PCR

A indicação para o exame de biologia molecular RT-PCR, que rastreia o material genético do vírus, pode ocorrer de duas formas. O paciente poderá fazer o SWAB NASOFARINGEO, com coleta de material do nariz ou boca com um cotonete, se estiver entre o 3º e o 7º dia após o início dos sintomas.

Caso esteja do 8° até o 14º dia com a sintomatologia que indique suspeição de coronavírus, será coletado o escarro para realização do RT-PCR.

Esse é o padrão ouro para diagnóstico de Covid-19, contudo, as confirmações da doença também se dão por teste rápido, sem exigência de contraprova, sobretudo nos casos em que o paciente não esteja mais no período de detecção do vírus em seu organismo pelo exame de biologia molecular.